Notícias
Seminário - Família em três atos

Inspirados na afirmativa de Paulo em sua epístola a Timóteo, busquemos fortalecer os cuidados e esclarecimentos em família cumprindo assim o nosso dever para com o Criador, sendo mordomos fiéis dos bens que Ele nos entregou para efetivarmos nossa vida na terra e evitarmos as graves consequências da permissividade em todas as atitudes em nossa sociedade.
Para isso vimos convidá-los para a participação no Seminário proposto para os dias 23 e 24/05/2015, com o tema exposto no cabeçalho e os vários subtemas a escolher, dos quais elaboramos uma sinopse no intuito de facilitar as opções.
As crianças terão cursos especiais voltados para o seu entendimento.

Temas com facilitadores com duração de 2h.

1. DEPENDÊNCIA QUÍMICA
Define o que é vício e procura apresentar as diversas formas sob as quais se apresenta. Analisa, ainda, os prejuízos ocorridos na família em decorrência dos hábitos viciosos e quais são as causas do comportamento compulsivo. Durante o curso, serão traçadas estratégias de como a família pode auxiliar no processo de recuperação de familiares viciados.

2. DEPRESSÃO NA FAMÍLIA
Mostra de forma teórica e prática como identificar se um membro da família se encontra em depressão, quais as causas espirituais e psicológicas e como encontrar a saída deste problema que, devido a sua gravidade, pode levar a família inteira ao adoecimento. Aponta também o que se deve fazer para prevenir este mal.

3. VÍCIOS MORAIS
Pretende a reflexão sobre as graves consequências na vida familiar das viciações morais tipo maledicências, intrigas, calúnias, ciúmes, inveja, adultérios, traições, buscando a forma de vencer estas deficiências morais com o conhecimento e prática do amor cristão.

4. RELACIONAMENTOS SOCIAIS E A MÍDIA
As formas modernas de entretenimento e a mídia, incluindo o uso (e abuso) da internet, têm contribuído para deteriorar a crença na vida espiritual e para “despersonalizar” o homem, destruindo os relacionamentos sociais. Quantos se encontram infectados pelo desejo insaciável de informações frívolas, conhecimento fútil e “entretenimento” superficial! Este curso visa refletir sobre como as mídias sociais, em especial a internet, podem ser importantes ferramentas para troca de informações, estudo e divulgação do bem e da Doutrina Espírita.

5. RELACIONAMENTOS CONJUGAIS
Visa estabelecer a reflexão sobre a vida a dois, os conflitos, as separações e as orientações cristãs para superar as dificuldades e dores morais.

6. A VIDA VALE MAIS – SUICÍDIO
Define o valor da vida desde a concepção, alimentando a idéia da importância da preservação da mesma, evitando-se de todas as formas o suicídio direto ou indireto.

7. AGRESSIVIDADE EM FAMÍLIA
Pretende estabelecer os vários tipos de agressividade dentro do lar, física, moral, patrimonial, sexual e toda forma de opressão, esclarecendo os meios para debelar este mal que aflige tantas famílias.

8. A OBSESSÃO E A FAMÍLIA
Define os estados obsessivos que envolvem os familiares, dificultando o trabalho de recuperação dos dramas do passado, incentivando a busca de Deus como preventivo destes quadros.

9. GRAVIDEZ E ABORTO
As questões relacionadas ao direito de viver nunca estiveram tanto em evidência quanto nos dias atuais. Nesse contexto, jornalistas, políticos, artistas populares, médicos, mulheres de projeção na sociedade, a mídia em geral, todos expõem suas opiniões, dão seus depoimentos, tomam partido, pró ou contra, sobre o direito da mulher de rejeitar o filho que foi gerado em seu ventre, ou seja, de abortá-lo. Este curso visa apresentar um ponto de vista distinto do homem e da mulher encarnados: o dos Espíritos. O que estes dizem e como veem o aborto, como a ele reagem. Rejeição da gravidez, aborto por estupro, gravidez e as drogas, consequências físicas, mentais e espirituais, reencarnação são alguns dos diversos assuntos abordados.

10. EDUCAÇÃO DE PAIS E FILHOS
As crianças são seres necessitados de orientação e limites, familiares relapsos na educação e no comportamento familiar, formarão indivíduos problemáticos e desajustados na sociedade. Educar é obrigação da família, a escola é instrutiva e complementar. O amor não prescinde da disciplina.

11. AFETIVIDADE E SEXUALIDADE NA FAMÍLIA
Pretende dialogar sobre um dos graves problemas das famílias em relação aos compromissos afetivos confundidos muitas vezes com a sexualidade degenerada e desrespeitosa.

12. ALCOOLISMO: ONDE SE INICIA?
Instigar os participantes a refletirem nas consequências de se comemorar os eventos desde o nascimento com bebidas alcoólicas e pretender que a família não assimile a viciação. Mostrar a motivação para a alegria de viver sem recorrer aos vícios para expressar felicidade.